Take a Deep Breath | Aflora x Panosocial

15.04.2018

 

Essa semana lançamos 2 camisetas em parceria com a Panosocial

 

Nosso compromisso é sempre desenvolver produtos com propósito,  onde cause um impacto seja ele ambiental, social e/ou cultural. Seguindo esse pensamento, desenvolvemos 1 estampa exclusiva com tiragem limitada (100 peças) unificando esses 3 pilares.

 

Take a Deep Breath !

 

Todos nós compreendemos o papel  da respiração na manutenção da vida, no entanto, prestamos pouca atenção ao processo respiratório, mantendo-o como uma função involuntária e muitas vezes deficiente.

 

Na Yoga, por exemplo, a respiração serve três propósitos essenciais:

 

- Levar mais oxigênio ao sangue, nutrindo as células 

 

- Controlar a nossa energia vital (prana)

 

- Dominar a mente e as emoções

 

Para compreendermos esta ligação entre a respiração e o pensamento/emoção, basta observarmos que a nossa respiração, quando estamos ansiosos ou irritados, é rápida e superficial. Pelo contrário, nos períodos de repouso e bem-estar a respiração tende a ser mais suave. Assim, como o estado mental afeta a respiração, esta, inevitavelmente afeta também a mente. Por essa razão, desde tempos antigos, que os Yogis utilizam a respiração como ponte para os estados meditativos de controle das ondas mentais.

 

Quando começamos a praticar Yoga o mecanismo respiratório torna-se consciente e progressivamente vamos aprendendo a utilizar toda a nossa capacidade pulmonar. Com enfoque na respiração abdominal/diafragmática, a respiração no Yoga deverá ser nasal e suave. Inspiramos de forma profunda, oxigenando e energizando o corpo, e prolongamos a expiração de forma a permitir a libertação do dióxido de carbono, propiciando o relaxamento; a retenção será introduzida e prolongada à medida que o praticante evolui. Embora as pessoas tenham a tendência para subvalorizar a expiração, esta tem um papel fundamental no mecanismo respiratório, uma vez que ao expirarmos completamente criamos automaticamente espaço para a entrada de ar fresco, propiciando-se, assim, uma inspiração profunda.

 

 

 

 

um pouco sobre a Panosocial:

 

A Panosocial nasce com responsabilidade social e ambiental

Promovendo a ressocialização de ex-detentos empregando-os em sua rede de produção de roupas, uniformes, acessórios e produtos customizados utilizando matéria-prima ecológica e processos produtivos sustentáveis, uma forma de diminuir a reincidência criminal e contribuir para a paz social.

 

Dando oportunidade de  trabalho digno para aqueles que estão a margem de um contexto social. Fortalecendo o ramo de confecção e a profissão de costureiro (a) ao capacitar pessoas para este mercado, formando assim novos profissionais. Neste setor existe exploração do trabalho escravo contemporâneo com contratações em regime análogo a escravidão, principalmente de imigrantes e emigrantes. Onde marcas produzem em confecções informais com pessoas submetidas a condições degradantes e jornadas exaustivas. A Panosocial garante a remuneração de todos os envolvidos nos processos produtivos de maneira digna, justa e ética – do plantio do algodão orgânico à produção e entrega.

 

 

 

Processos produtivos sustentáveis:

 

Estampas com pasta e pigmentos naturais. Ou pigmentos de baixo impacto, a base d’agua e livre de metais pesados. Impressão digital com tinta orgânica e vegana (não testada em animas) e certificada.
 

A moda tem o segundo maior impacto ambiental logo depois do petróleo. Quando o ramo têxtil e de confecção evita o uso direto de matérias-primas de origem do petróleo, utilizando tecidos reciclados e principalmente o algodão orgânico, gera impactos positivos, diminuindo o consumo de água (Malha convencional usa 11 mil litros de água para produção | malha orgânica economiza 90% do consumo de água) emissão de gases, acidificação, eutrofização e demanda de energia primária. 

 

 

 

 

‘Sustentabilidade é questão de sobrevivência. É ultrapassado olhar e vestir moda sem a percepção que a maior tendência é a essência. Acreditamos que cada movimento nosso, o que usamos e comercializamos são responsabilidade nossa. Nossos hábitos e costumes ditam nossas crenças. Nosso destino está interconectado com todos os outros. Sabemos a marca que estampamos no mundo.’ 

 

 

 

 

https://lifestyle.sapo.pt/astral/praticas/yoga-praticas/artigos/os-5-principios-do-yoga-respiracao-adequada-pranayama

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

March 26, 2020

March 20, 2020

September 21, 2019

February 20, 2019

March 2, 2018

March 7, 2017

Please reload

Siga a gente

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Rua Harmonia - 255 São Paulo - Brasil

Aflora Movement - CNPJ : 31.108.994/0001-98  © Todos os direitos reservados.2018